Notícias

Novembro Azul: mitos e verdades sobre o exame de próstata
1 de novembro de 2018

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata é o mais comum entre os homens. Para diminuir a mortalidade e o preconceito a respeito, foi criado o Novembro Azul, um mês para conscientizar sobre o problema e incentivar os homens a realizarem o exame de próstata.

Quer entender mais sobre esse assunto para cuidar melhor de sua saúde? Continue acompanhando a leitura para conferir os principais mitos e verdade sobre o exame de próstata!

Mitos sobre o exame de próstata
A área da saúde vem evoluindo cada vez mais. Porém, ainda existem muitos mitos acerca desse exame tão importante e da saúde do homem. Conheça a seguir quais são os principais para não deixar que essas informações equivocadas impeçam você de se cuidar!

O toque retal dói
Apesar do que muitos homens pensam, o toque retal não é um exame que causa dor no paciente. No entanto, se a pessoa não estiver relaxada, ela pode acabar contraindo o corpo e a região, fazendo com que o toque seja um pouco incômodo. Além disso, caso o homem apresente uma inflamação grande da próstata, também é possível que o exame incomode. No entanto, como o teste é muito rápido (dura cerca de 5 segundos apenas), não há motivos para ter receio ou deixar de fazê-lo.

Poucas pessoas morrem com câncer de próstata
Engana-se quem pensa que a taxa de mortalidade pelo câncer de próstata é baixa. Segundo as pesquisas do INCA, 25% dos pacientes diagnosticados com essa doença morrem.

O câncer de próstata só atinge idosos
O câncer de próstata é mais comum em idosos (75% dos casos ocorre a partir dos 65 anos), porém, também acomete homens mais jovens. É possível que ele se manifeste a partir dos 50 anos ou até mesmo antes, caso haja na família incidência desse tipo de câncer.

Sendo assim, é essencial que todos os homens passem a realizar o exame por volta dos 50 anos, para que os tumores possam ser diagnosticados cedo e tratados. Se houver casos de primeiro grau na família, o ideal é que essa rotina de exames seja iniciada por volta dos 40 anos.

Verdades sobre o exame de próstata
Agora que já desmistificamos algumas informações que são propagadas a respeito do exame de próstata, venha conhecer algumas verdades importantes sobre o assunto!

Mesmo sem indícios de câncer o exame deve ser feito periodicamente
Dada a gravidade do problema, é essencial que o homem faça um acompanhamento anual mesmo quando os primeiros exames apresentam resultados negativos. Dessa forma, se o câncer começar a se desenvolver, é possível identificá-lo logo no começo e evitar maiores problemas.

Homens negros têm mais chance de ter câncer de próstata
Ainda não se sabe o porquê, mas homens negros apresentam 10% mais chances de desenvolver câncer de próstata. Além disso, a doença também costuma ser mais agressiva. Por isso, é essencial que comecem a realizar o exame por volta dos 40 anos, em vez dos 50.

Sendo assim, não deixe de cuidar de sua saúde e realize exames periódicos. Procure saber sobre a incidência do câncer em sua família. A partir disso, procure um médico urologista para tratar do assunto e passe a fazer o exame de próstata anualmente para evitar maiores problemas e conservar sua saúde.

 

 

 

 

 

Fonte: https://www.boaconsulta.com/blog/novembro-azul-mitos-e-verdades-sobre-o-exame-de-prostata/
Unimed Campina Grande © 2009 - 2016 - Todos os direitos reservados
Rua Clayton Ismael, 40 - Jardim Tavares - CEP 58401-393
Desenvolvido pela rox Publicidade